Ads 468x60px

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Google apresenta Android 5.0 Lollipop e novos celulares e tablets Nexus

iG São Paulo


Nova versão do sistema traz visual inteiramente remodelado



Nesta quarta-feira (15), o Google apresentou oficialmente a nova versão do Android. Anteriormente conhecido apenas com Android L, o Android 5.0 foi batizado de Lollipop (Pirulito), mantendo a tradição do Google de usar nomes de doces e sobremesas nas versões do Android.


O Android L havia sido apresentado pela primeira vez em junho deste ano e traz um visual completamente novo para o sistema. A linguagem visual, chamada pelo Google de Material Design, busca unificar a experiência de uso do sistema em celulares, tablets, TVs e outros aparelhos.


O Android 5.0 Lollipop traz centenas de pequenos aprimoramentos e novos recursos. Entre os mais importantes estão:


- Notificações: o Android 5.0 traz controles aprimorados sobre notificações. Será possível, por exemplo, configurar o aparelho para exibir apenas notificações de um usuário ou programa, dependendo do horário ou localização. Assim, durante uma reunião importante, por exemplo, apenas notificações de programas ou usuários autorizados pelo usuário aparecerão.


- Bateria: há diversos aplicativos que ajudam a aumentar a bateria de aparelhos com Android. A partir da versão 5.0, o sistema trará um app nativo para essa função.


- Segurança: o Android 5.0 permitirá travar o aparelho sincronizando-o com um relógio, pulseira ou outro acessório inteligente. Assim, caso o aparelho esteja perto do relógio, será desbloqueado automaticamente. Caso o aparelho esteja longe do acessório (por exemplo, seja roubado ou perdido), será travado e só poderá ser aberto com senha. O sistema permitirá que o usuário combine senhas numéricas, padrões e bloqueio por acessório da forma que desejar.


Linha Nexus ganha novos aparelhos


Feito em parceria com a Motorola, o Nexus 6 tem tela Quad HD de seis polegadas, processador Snapdragon 805 quad-core 2.7 GHz e Adreno 420 GPU, bateria de 3220 mAh e câmera traseira de 13 megapixels


Feito em parceria com a Motorola, o Nexus 6 tem tela Quad HD de seis polegadas, processador Snapdragon 805 quad-core 2.7 GHz e Adreno 420 GPU, bateria de 3220 mAh e câmera traseira de 13 megapixels


Foto: Divulgação


O Nexus 6 roda a mais recente versão do Android, o Android Lollipop, lançado oficialmente em 15 de outubro


O Nexus 6 roda a mais recente versão do Android, o Android Lollipop, lançado oficialmente em 15 de outubro


Foto: Divulgação


O Nexus 9 é o tablet feito em parceria com a HTC, tem tela de 8,9 polegadas e será vendido em três cores: preto, branco e bege


O Nexus 9 é o tablet feito em parceria com a HTC, tem tela de 8,9 polegadas e será vendido em três cores: preto, branco e bege


Foto: Divulgação


O Nexus 9 também roda Android L e tem um processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 2.3 GHz


O Nexus 9 também roda Android L e tem um processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 2.3 GHz


Foto: Divulgação


Feito em parceria com a HTC, o Nexus 5 tem tela Full HD de 5 polegadas, câmera traseira de 8 pixels e frontal de 1.3 megapixels


Feito em parceria com a HTC, o Nexus 5 tem tela Full HD de 5 polegadas, câmera traseira de 8 pixels e frontal de 1.3 megapixels


Foto: Divulgação


Nexus 5 também virá com Android L e possui um processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 de 2.3 GHz


Nexus 5 também virá com Android L e possui um processador 64-bit NVIDIA Tegra K1 de 2.3 GHz


Foto: Divulgação


Nexus Player é o primeiro dispositivo com Android TV feito em parceria com a Asus


Nexus Player é o primeiro dispositivo com Android TV feito em parceria com a Asus


Foto: Divulgação


Nexus Player tem um controle remoto próprio e conta com o recurso Google Cast Ready, para o usuário transmitir conteúdo para a TV


Nexus Player tem um controle remoto próprio e conta com o recurso Google Cast Ready, para o usuário transmitir conteúdo para a TV


Foto: Divulgação


Como já é tradição, com um novo Android chegam novos aparelhos da linha Nexus. Desta vez, são três novidades:


- Nexus 6 - Fabricado pela Motorola, esse smartphone tem tela de 6 polegadas com resolução Quad HD, superior à Full HD e encontrada também no G3 e no Galaxy Note 4. O aparelho tem ainda câmera de 13 megapixels e processador SnapDragon 805 quad core de 2,7 GHz e terá versões com 32 GB e 64 GB de memória. Nos EUA, entra em pré-venda no fim deste mês e chega às lojas em novembro.


Smartphones anteriores da linha Nexus eram conhecidos pelo seu baixo preço, mas esse não é o caso do Nexus 6. O aparelho será vendido por US$ 649 (32 GB), valor de um aparelho topo de linha nos Estados Unidos.


- Nexus 9 - Fabricado pela HTC, o tablet Nexus 9 tem armação lateral de metal e tela de 8,9 polegadas. O tablet terá uma capa que também funciona como teclado e se encaixa magneticamente ao aparelho. O Nexus 9 tem chip NVidia Tegra K1 e será vendido em versões com 32 e 64 GB de memória. Nos EUA, o aparelho entra em pré-venda nesta sexta-feira (17) e chega às lojas em novembro. Os preços são de US$ 399 (16 GB) e US$ 479 (32 GB).


- Nexus Player - Fabricado pela Asus, esse é o primeiro acessório com a plataforma Android TV, versão do Android para televisores. De forma semelhante ao que faz a Apple TV, o Nexus Player permite acessar serviços de vídeo online e outros tipos de conteúdos da internet na TV. O aparelho também tem um grande foco em games, e permite rodar na TV jogos criados para Android.


O acessório vem com um controle remoto e o Google também venderá um controle, similar ao do Xbox, para os jogos. O Nexus Player também funciona como um Chromecast e é compatível com todos os apps deste acessório. O aparelho entra em pré-venda nesta sexta-feira (17) e chega às lojas em novembro. O preço será de US$ 99.



Além desses aparelhos, outros tablets e celulares da linha Nexus serão atualizados para a versão Lollipop nas próximas semanas, segundo o Google.







Qualcomm compra empresa especializada em tecnologia Bluetooth

Reuters


Aquisição confirma expansão da Qualcomm na área conhecida como Internet das Coisas

Reuters


 A fabricante norte-americana de chips Qualcomm aceitou comprar a CSR por 2,5 bilhões de dólares, oferecendo o que espera ser um golpe certeiro para arrematar a especialista britânica em soluções Bluetooth, que está crescendo em áreas como equipamentos automotivos e acessórios.


Maior fabricante de chips móveis do mundo, a Qualcomm aceitou pagar 900 pences por ação em dinheiro para a CSR, um prêmio de 56,5 por cento sobre o preço da ação antes do início do período da oferta em agosto, disse a CSR nesta quarta-feira.


Naquela época, a empresa britânica rejeitou uma abordagem de fabricante de chips US Microchip Technology, dizendo que a oferta não era suficiente. Ambas seguiram em negociações para chegar a um acordo, com um prazo imposto pelos reguladores do Reino Unido para a quarta-feira.


O presidente-executivo da Qualcomm Steven M. Mollenkopf disse que a compra da CSR permitiria diversificação para mercados como de chips Bluetooth sem fio e processamento de áudio utilizado em áudio portátil, controles de automóveis e dispositivos como relógios de pulso.


“A combinação de oferta altamente avançada de tecnologias de conectividade da CSR com forte histórico de sucesso nestas áreas irá destravar novas oportunidades de crescimento”, disse ele.


Fabricante dominante de chips para smartphones, a Qualcomm tem procurado se expandir para além do mercado de telefonia em áreas emergentes, como eletrodomésticos sem fio e outros dispositivos conectados, conhecido como “Internet das Coisas”.







Com novos iPads, Apple espera recuperar crescimento de venda de tablets

Reuters


Vendas de tablets devem aumentar apenas 11% este ano, de acordo com a consultoria Gartner

Reuters


A Apple deve lançar iPads mais finos e mais potentes na quinta-feira antes da temporada de festas de fim de ano nos Estados Unidos, mas pode enfrentar dificuldades para criar interesse pelos tablets, uma vez que o mercado já conta com vários dispositivos de mão com telas sensíveis ao toque.


As vendas de tablets devem aumentar apenas 11 por cento este ano, de acordo com as novas projeções da empresa de pesquisa de tecnologia Gartner, em comparação com 55 por cento de crescimento no ano passado, enquanto as vendas de smartphones continuam a subir e as vendas de computadores pessoais se recuperam lentamente.


As vendas de tablets da Apple, que definiu a categoria com o iPad há apenas quatro anos, têm caído por dois trimestres consecutivos. Os investidores permanecem focados no iPhone, principal gerador de receita da Apple, mas uma recessão prolongada nas vendas de iPads ameaçaria cerca de 15 por cento da receita da empresa.


FOTOS: as lojas mais legais da Apple pelo mundo


Apple Store do Rio de Janeiro, inaugurada em fevereiro deste ano


Apple Store do Rio de Janeiro, inaugurada em fevereiro deste ano


Foto: André Cardozo/iG


Apple Store Grand Central, em Nova York


Apple Store Grand Central, em Nova York


Foto: Getty Images


Apple Store localizada no inferior do Cubo de vidro, em Nova York


Apple Store localizada no inferior do Cubo de vidro, em Nova York


Foto: Getty Images


Apple Store conhecida como Cube, em Nova York


Apple Store conhecida como Cube, em Nova York


Foto: Getty Images


,Nova York possui 15 Apple Stores


,Nova York possui 15 Apple Stores


Foto: Getty Images


Loja da Apple localizada em San Francisco, Califórnia


Loja da Apple localizada em San Francisco, Califórnia


Foto: Getty Images


Apple Store de Shangai, na China, também é subterrânea


Apple Store de Shangai, na China, também é subterrânea


Foto: Getty Images


China possui 10 Apple Stores, como a de Shangai


China possui 10 Apple Stores, como a de Shangai


Foto: Getty Images


Apple Store localizada em Regent Street, Londres, foi a primeira loja aberta na Europa, em 2004


Apple Store localizada em Regent Street, Londres, foi a primeira loja aberta na Europa, em 2004


Foto: Getty Images


Loja da Apple localizada no Covent Garden, em Londres


Loja da Apple localizada no Covent Garden, em Londres


Foto: Getty Images


Além de Ginza, Japão conta com outras 6 Apple Stores


Além de Ginza, Japão conta com outras 6 Apple Stores


Foto: Getty Images


Loja localizada em Ginza, distrito da capital Tokyo, no Japão


Loja localizada em Ginza, distrito da capital Tokyo, no Japão


Foto: Getty Images


Itália conta com 14 Apple Stores, loja de Catania é uma delas


Itália conta com 14 Apple Stores, loja de Catania é uma delas


Foto: Getty Images


Loja da Apple localizada na cidade de Catania, na Itália


Loja da Apple localizada na cidade de Catania, na Itália


Foto: Getty Images


Além da Apple, a tendência em relação aos tablets é ruim também para Samsung, Amazon.com e Microsoft, que investiram pesadamente no desenvolvimento de tablets e estão fazendo suas próprias ofertas para a próxima temporada de festas.


Mais de 50 por cento dos lares nos Estados Unidos já têm um ou mais tablets e estão esperando mais tempo para substituí-los.







Anatel aprova venda do iPhone 6 Plus no Brasil

iG São Paulo


Início das vendas depende agora de negociações entre a Apple e as operadoras de telefonia

O iPhone 6 Plus, versão do iPhone com tela de 5,5 polegadas, já pode ser vendido no Brasil. Nesta quarta-feira (14), a Anatel publicou o certificado de homologação do aparelho. 


LEIA TAMBÉM:
Após forte demanda inicial, adoção do iOS 8 fica estagnada


Isso significa que o iPhone 6 Plus foi aprovado em todos os testes técnicos da agência e já pode ser comercializado. No site da agência, o aparelho é identificado pelo número do modelo (A1522). 


FOTOS: o iPhone 6 desmontado, como você nunca viu antes


iSupply desmontou iPhone 6


iSupply desmontou iPhone 6


Foto: Reuters


Bateria ocupa grande parte do espaço interno do iPhone 6


Bateria ocupa grande parte do espaço interno do iPhone 6


Foto: Reuters


Bateria do iPhone 6


Bateria do iPhone 6


Foto: Reuters


iSupply calcula custo de produção do iPhone 6 de 16 GB em US$ 200


iSupply calcula custo de produção do iPhone 6 de 16 GB em US$ 200


Foto: Reuters


Placa-mãe do iPhone 6


Placa-mãe do iPhone 6


Foto: Reuters


Placa-mãe do iPhone 6


Placa-mãe do iPhone 6


Foto: Reuters


Técnico da iSupply desmonta entrada Lightning


Técnico da iSupply desmonta entrada Lightning


Foto: Reuters


Cabo e componentes da porta Lightning


Cabo e componentes da porta Lightning


Foto: Reuters


Chip A8 é o principal processador do iPhone 6


Chip A8 é o principal processador do iPhone 6


Foto: Reuters


Técnico da iSupply retira câmera do iPhone 6


Técnico da iSupply retira câmera do iPhone 6


Foto: Reuters


Câmera traseira do iPhone 6


Câmera traseira do iPhone 6


Foto: Reuters


Com a aprovação da Anatel, o lançamento do aparelho no Brasil depende apenas de negociações entre a Apple e as operadoras de telefonia. No lançamento do iPhone 6, a Apple afirmou que os iPhones seriam vendidos em 100 países até o fim do ano, e é grande a chance de o Brasil estar nessa lista. 


Ainda não há certificado de homologação para o iPhone 6, mas, como os aparelhos são praticamente idênticos, não deve haver problemas para a aprovação. 







Com Zenfone 5, Asus estreia no mercado de smartphones brasileiro

Emily Canto Nunes


Smartphone tem preço inicial de R$ 499

Apresentado na CES 2014, o Zenfone 5 chega oficialmente neste quarta-feira (15) ao Brasil, marcando a entrada da Asus no mercado nacional de smartphones. Um segundo aparelho, o ZenFone 6 estará a venda até o final do mês, reforçando os investimentos da empresa no País.


O Zenfone 5 com 8 GB de armazenamento e chip Intel dual core de 1,2 GHz chega ao Brasil por R$ 499 apenas na loja online da empresa, em comemoração aos 25 anos da Asus. Em outras lojas, ele será vendido por R$ 599.



Veja fotos do Zenfone 5


Zenfone 5 é o primeiro smartphone da Asus a chegar ao Brasil


Zenfone 5 é o primeiro smartphone da Asus a chegar ao Brasil


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 tem tela de 5 polegadas


Zenfone 5 tem tela de 5 polegadas


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 tem tela com resolução HD


Zenfone 5 tem tela com resolução HD


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 tem acabamento metálico na parte inferior


Zenfone 5 tem acabamento metálico na parte inferior


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 tem câmera de 8 megapixels


Zenfone 5 tem câmera de 8 megapixels


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 usa interface ZenUI, também criada pela Asus


Zenfone 5 usa interface ZenUI, também criada pela Asus


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 roda Android KitKat 4.4


Zenfone 5 roda Android KitKat 4.4


Foto: André Cardozo/iG


Zenfone 5 tem chip Intel


Zenfone 5 tem chip Intel


Foto: André Cardozo/iG


Asus Zenfone 5


Asus Zenfone 5


Foto: André Cardozo/iG


Asus Zenfone 5


Asus Zenfone 5


Foto: André Cardozo/iG


Asus Zenfone 5


Asus Zenfone 5


Foto: André Cardozo/iG


Uma outra versão do Zenfone 5, com chip Intel dual core de 1,6 GHz e 8 GB de memória, sairá por R$ 649. A versão de 16 GB do Zenfone 5 sairá por R$ 699. Já o Zenfone 6 chega por R$ 999, com 16 GB de memória interna. O Zenfone 5 já pode ser encontrado nas lojas Kalunga, Fast Shop, Fujiora e na própria loja da Asus online.


Primeiro aparelho da empresa a ser comercializado no País, o Zenfone 5 tem tela IPS HD de 5 polegadas, processador Intel Atom de 1,6 GHz e memória RAM de 2 GB. No Brasil, chegam as versões com 8 GB de armazenamento e também de 16 GB, ambas com entrada para cartão de memória de até 64 GB.


O ZenFone 5 tem conexões 3G, Bluetooth e Wi-Fi Direct e é dual chip. Além disso, roda Android 4.4 KitKat, com a interface ZenUI, também criada pela Asus. A câmera traseira é de 8 megapixels e a frontal de 2 megapixels. Já a bateria é de 2050 mAh.


Com design premiado no exterior, o ZenFone chega nas cores branca, preta, vermelha e ouro. O aparelho tem borda de 5,5 mm e pesa 145 gramas. O Zenfone não é 4G, mas promete um uso melhor da conexão 3G graças à antena dupla chamada de Zentenna.


ZenFone 6 e ZenUI


Bastante semelhante ao ZenFone 5, o ZenFone 6 tem, como o nome sugere, tela IPS HD de seis polegadas e câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 2 megapixels.


Uma das apostas da Asus para sua linha de aparelhos é a interface ZenUI e alguns recursos de software próprios, como o PixelMaster que segundo a fabricante melhora sensivelmente as fotos tiradas com poucas luz.